Glasstress 2019

A Glasstress é uma tradicional mostra que acontece paralelamente à Bienal de Veneza. Esse ano, a mostra abre dia 9, junto com a 58o. edição da Bienal e vai reunir artistas contemporâneos como Ai Weiwei, Tony Cragg, Carlos Garaicoa e Saint Clair Cemin, todos convidados para explorar as infinitas possibilidades criativas do vidro. Vik Muniz e Koen Banmechelen, os curadores da exposição, me chamaram para participar. Então, minha obra, Banquete da Terra, que integrou a exposição individual orDeNAção, na Galeria Lume, em São Paulo, com curadoria de Marcello Dantas, também vai estar na lá Grasstress.

A instalação Banquete da Terra foi criada a partir de fragmentos de vidro e outros minerais dispostos sobre uma mesa, como se fossem pratos postos para uma refeição. Por que colocar esses elementos em cima da mesa? Acho que é um convite para degustar os minerais, mastigar nossas origens, digerir esses conhecimentos e transformar radicalmente a percepção que temos da Natureza.

Se for à Bienal de Veneza, passe pela Grasstress. São 196 super artistas ocupados em responder à pergunta dos curadores: como o vidro redefine sua percepção do espaço. E o espaço? Um antigo forno de vidro abandonado na Ilha de Murano. Show!

 

GLASSTRESS 2019

Local: Berengo Art Space Foundation

Endereço: Campiello Della Pescheria, Murano

De 9 de maio a 24 de novembro

Oficial site: Glasstress.org

 

Forno de Murano – Photographer: Dennis Jarvis (CC BY-SA 2.0)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *